Terça-feira, 27 de Maio de 2008
Por caminhos...

 

Todos nós sabemos que uma das características dos jovens é a vontade de transgredir, a vontade de afrontar regras, o “pisar o risco”. Antigamente “pisava-se o risco” ao entrar no pátio das raparigas, o risco do primeiro beijo num canto escondido dos olhares adultos… riscos, riscos e mais riscos que aos olhos de hoje não passam de pequenas e invisíveis linhas apagadas pelo tempo. Com o passar dos anos os riscos mudaram, cresceram, transformaram-se, alguns, em risco de vida disfarçados de “amor de morte”, sem que se morra de amor.
Que caminho pode tomar a escola na “gestão” do risco? O caminho da escola com grades? O caminho da vigilância apertada? Se assim for, se só este caminho for o tomado, temos de ter consciência que estamos a reprimir não só os infractores, os “pisadores” de todos os riscos, mas toda uma comunidade educativa onde bons e maus são tratados como iguais.
Outro caminho pode ser tomado! O caminho dos poetas. O caminho percorrido por Sebastião da Gama, Irene Lisboa, Rómulo de Carvalho (António Gedeão) e de muitos outros que não sabendo que eram “poetas”, foram professores. O caminho que nos leva a lado nenhum, mas nos ensina a chegar a todo o lado. O caminho do sonho, o caminho da felicidade, o caminho da alegria.
O passado não foi feito só por “poetas”, mas o futuro nunca o será sem os “poetas”.
Procuremos dar passos, mesmo que pequenos, pelos bons caminhos!
 
António Miguel Borges

tags:

publicado por mborges às 00:04
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Rosa Xisto a 28 de Maio de 2008 às 20:02
Pelo Sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos,
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e do que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

- Partimos. Vamos. Somos.

Beijo Miguel


De mborges a 29 de Maio de 2008 às 00:00
bonito, muito bonito
Obrigado Rosa


De pois a 5 de Junho de 2008 às 17:11
óóó, que texto deveras interessante...poupe-nos...que massada...pois


De Anónimo a 6 de Julho de 2008 às 21:55
O quanto eu gosto de o ler


De Anónimo a 6 de Julho de 2008 às 21:59
Que Erudito. O caminho dos poetas..... você é um poeta e que poeta .............


Comentar post

Coisas da Vida
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Filarmónica

Locais de Escrita - Romar...

O Henrique "partiu"

Mia Couto

OLA - Orquestra Ligeira M...

Por caminhos...

Sem palavras...

Bobby McFerrin e Mocarta

Grupo Mocarta

Jorge Coelho

arquivos

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

links